CONCERTO DE ANDREA BOCELLI COM NOVA DATA

Em março, quando a pandemia de COVID-19 atingiu Portugal, ninguém conseguia prever o que o futuro reservava – e os promotores de eventos passaram a ter em mãos uma série de novos grandes desafios, como a garantia da execução das programações previstas, sem defraudar as expectativas do pública, e honrar os seus compromissos contratuais – um processo complexo e de grande ansiedade. 

Desde o primeiro momento, a MOT foi acompanhando a evolução da pandemia em estreita ligação com todas as autoridades, ciente da obrigação de manter as datas previstas e, acima de tudo, de permanecer atenta à situação do país.  

A resolução hoje comunicada pelo Governo de Portugal veio, de certa maneira, tranquilizar o setor e conferir legitimidade aos promotores para tomarem as suas decisões. 

Assim, a dois meses do concerto de Andrea Bocelli em Coimbra, a produtora MOT – Memories of Tomorrow, formalizou a decisão de o reagendar para o próximo ano.

Não obstante considerar que os sinais de contenção da pandemia em Portugal se têm manifestado positivos, Tiago Castelo Branco, CEO da MOT, entende que os mesmos “não são suficientes para que consigamos restabelecer a confiança necessária para a promoção de grandes eventos, que levam à concentração de milhares de pessoas”, enfatizando que “a segurança e a saúde do nosso público, das nossas equipas e dos nossos artistas estão e estarão sempre em primeiro lugar.” 

Na perspetiva do promotor, a decisão comunicada pelo Governo Português “é sensata”, considerando que, “com esta determinação, os promotores passaram a ter a legitimidade e a segurança jurídica necessária para tomarem decisões invocando motivo de força maior”, salientando ainda que “da nossa parte, cumpriremos escrupulosamente a legislação em vigor.” 

O TENOR MAIS ACLAMADO DO MUNDO MANTÉM VIVA A PROMESSA DE UM ESPETÁCULO ÚNICO 

 
O espetáculo inédito de Andrea Bocelli, previsto inicialmente para o dia 4 de julho e agora reagendado para o dia 26 de junho de 2021, em Coimbra, irá manter a estrutura que tinha já anunciado. A atuação do tenor será acompanhada por uma orquestra de 70 músicos e por um coro com 60 vozes, além de contar ainda com dois momentos distintos – um início clássico ao som das mais eruditas árias de ópera eternizadas na sua voz e uma segunda parte dedicada aos temas mais célebres da sua carreira. 

O que permanece também inalterável, além do local do evento – o Estádio Cidade de Coimbra – é a presença da convidada especial e reconhecida embaixadora da música portuguesa: Mariza. O fenómeno internacional que leva além-fronteiras o som português da tradição e saudade, continuará no alinhamento do novo espetáculo, prometendo uma simbiose única e inesquecível com a voz emblemática do cantor clássico que conquista gerações. 

Os bilhetes para a nova data encontram-se à venda no site concertocoimbra.pt e nos locais habituais, sem qualquer alteração nos seus valores ou setores disponíveis. Para quem já adquiriu bilhete, o mesmo será válido para o espetáculo de 2021 não sendo necessário proceder a qualquer alteração. 

A Câmara Municipal de Coimbra, na qualidade de copromotora do evento, acredita que o concerto do emblemático tenor italiano é mais um contributo para a afirmação da cidade, sobretudo após um ano tão desafiante como 2020. Para o Presidente da Câmara Municipal, Manuel Machado, “fica a certeza de que este será um distinto espetáculo cultural, que evidencia que a cidade possui condições de excelência para a organização e acolhimento de grandes eventos, sendo certo que este momento será marcante para o processo de candidatura de Coimbra a Capital Europeia da Cultura em 2027”. 

A FUNDAÇÃO ANDREA BOCELLI E O COMBATE À COVID-19 

Para além da sua inegável contribuição musical, Andrea Bocelli é também filantropo. Com a Fundação Andrea Bocelli (www.andreabocellifoundation.org), o tenor assume a missão de capacitar pessoas e comunidades em situações de pobreza, analfabetismo, angústia por doença e exclusão social, com vista a promover e a garantir o apoio a projetos de abrangência nacional e internacional, capazes de promover a superação dessas barreiras e a expressão de todo o seu potencial. 

A esse propósito, é de destacar o cariz solidário do evento em Coimbra: em parceria com a PLUS1 (www.plus1.org), será doado 1€ de cada bilhete vendido para as causas acima. A fundação tem, inclusive, disponibilizado parte dos seus recursos para ajudar no combate à COVID-19 e o tenor foi figura recorrente em várias das iniciativas globais de sensibilização e apoio durante o período de confinamento.  

Maio 07, 2020
Share this article